Obra

Conjunto Habitacional Jardim Edite

Descripción

O conjunto Habitacional do Jardim Edite foi projetado para ocupar o lugar da favela de mesmo nome que se situava nesse que é um dos pontos mais significativos para o recente crescimento do setor financeiro e de serviços de São Paulo: o cruzamento das avenidas Engenheiro Luís Carlos Berrini e Jornalista Roberto Marinho, junto à ponte estaiada, novo cartão postal da cidade. Para garantir a integração do conjunto de habitação social à sua rica vizinhança, o projeto articulou a verticalização do programa de moradia a um embasamento constituído por três equipamentos públicos – Restaurante Escola, Unidade Básica de Saúde e Creche – orientados tanto para a comunidade moradora como para o público das grandes empresas próximas, inserindo o conjunto na economia e no cotidiano da região. O pavimento de cobertura desses equipamentos, como um térreo elevado do condomínio residencial, interliga todos os edifícios habitacionais em cada quadra, conferindo à convivência dos moradores uma adequada reserva em meio à escala metropolitana da área circundante. O projeto possui uma área total construída de 25.500 m², com 252 Unidades Habitacionais de 50 m². O Restaurante Escola tem 850 m², a Unidade Básica de Saúde, 1300 m², e a Creche, 1400 m².

Situación

Av. Eng. Luís Carlos Berrini com Av. J. Roberto Marinho, São Paulo, SP.
Brasil

Fecha

Proyecto: 2008-09-01
Comienzo de obra: 2010-10-01
Fin de obra: 2013-05-01

Equipo de proyecto

Marta Moreira, Milton Braga y Fernando de Mello Franco do MMBB con Eduardo Ferroni y Pablo Hereñú do H + F.

Colaboradores

 

Panel (pdf)